218820160    oinstalador@gmail.com

Um estudo divulgado pela ZERO aponta para dados que mostram a viabilidade deste tipo de veículos no nosso país.


Os veículos eléctricos preparam-se em breve para inundar a indústria automóvel e Portugal, tendo em conta a evolução do mercado energético no nosso país, está bem colocado para receber este tipo de veículos.

Quem o diz é a Agência Europeia do Ambiente através de um estudo divulgado pela ZERO - Associação Sistema Terrestre Sustentável.

Neste estudo é notória a alta taxa de descarbonização que o nosso país terá em 2050, que praticamente dá como extinta a utilização de fontes de energia não renovável.

Os combustíveis fósseis serão assim substituídos por fontes de energia renovável, que fornecerão mais de 60% da electricidade. Ao mesmo tempo, a quota de automóveis eléctricos será de 12%, tornando-se a «solução mais amiga do ambiente, no quadro de uma mobilidade mais sustentável».

«A ZERO defende assim que é fundamental mais incentivos à mobilidade eléctrica, quer para a compra de veículos, quer na infraestrutura, a par de investimentos cruciais na produção de electricidade renovável que têm ultimamente sofrido de alguma estagnação, devendo grande parte da prioridade ser canalizada para a energia solar», pode ler-se no comunicado enviado pela associação encabeçada por Francisco Ferreira.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview