218820160    oinstalador@gmail.com

O uso de carros eléctricos em larga escala nas estradas europeias resultaria numa significativa redução das emissões de gases com efeitos de estufa (GEE) para a atmosfera.


Quem o diz é a Agência Europeia do Ambiente (AEA).

«Os veículos eléctricos alimentados por fontes de energia renováveis podem desempenhar um papel importante nos planos da UE, de avançar para um sistema de transporte mais verde, mais sustentável, e no cumprimento da sua meta de redução de emissão de gases com efeito de estufa em 80-95% até 2050», considera Hans Bruyninckx, director executivo da AEA.

Esta medida poderá ter um efeito sobre o nível de emissões no sector de geração de energia.

No geral, a redução das emissões de dióxido de carbono (CO2) resultantes dos transportes rodoviários seriam superiores aos níveis de emissões causados pelo uso contínuo de combustíveis fósseis no sector da produção de electricidade.

Deste modo, a UE prevê para 2050 uma redução de 255 milhões de toneladas de CO2. Um valor que é equivalente a cerca de 10% do total das emissões estimadas para esse ano.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview