218820160    oinstalador@gmail.com

O secretário de Estado da Energia defende a necessidade de investir na rede de transporte de electricidade no sul do país, onde estão as maiores potencialidades de crescimento na produção renovável.


Texto: Revista O Instalador

O secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, defendeu esta semana a necessidade de investir na rede de transporte de electricidade no sul do país, onde estão as maiores potencialidades de crescimento na produção renovável.

«Tudo indica que as grandes potencialidades que temos estão no solar que está no sul do país e é lá que faz sentido haver investimento para aproveitar esse potencial», afirmou, citado pela Lusa, o governante no final da audição na comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas.

Em declarações aos jornalistas, Jorge Seguro Sanches disse que «faz todo o sentido aumentar o potencial solar», que actualmente tem uma produção ainda residual, lembrando que no sul do país apenas existem duas centrais, a do Alqueva e a de Sines.

«Se investirmos no solar passamos a ter uma alternativa», acrescentou.

De acordo com o governante, a proposta de investimento da REN - Redes Energéticas Nacionais na rede de transporte de electricidade entre 2016-2025, que foi chumbada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) há um ano, vai ser debatida, em breve, no Parlamento.

Até agora, os planos de investimento da REN na rede eléctrica, que são suportados pelos consumidores através tarifas de acesso à rede, não passavam pelo parlamento, mas uma alteração introduzida no Orçamento do Estado para 2017 mudou isso.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview