218820160    oinstalador@gmail.com

Próxima sessão da Agência Municipal de Energia e Ambiente de Lisboa decorre a 17 de Janeiro, no CIUL, Picoas Plaza, em Lisboa.


Serão oradores na sessão Sofia Simões (FCT-UNL) e Vera Gregório (Lisboa E-Nova).

No âmbito do projecto “ClimAdaPT.Local” foi desenvolvida uma «metodologia para avaliar a vulnerabilidade do conforto térmico das habitações, tendo em conta o clima actual e futuras alterações climáticas», informa a Lisboa E-Nova, em comunicado.

A mesma foi implementada em 29 municípios incluindo Lisboa, desagregada ao nível das freguesias e tendo em conta as características socioeconómicas dos residentes, as tipologias construtivas dos alojamentos e o clima actual e futuro. As freguesias são classificadas em classes de vulnerabilidade numa escala de 1 a 20 (em que 20 é mais vulnerável) desagregando-se o conforto térmico referente à estação de aquecimento (Inverno) e de arrefecimento (Verão).

Para auxiliar a implementação desta metodologia, foram desenvolvidas um conjunto de ferramentas designadas de BLdAdapT tool kit, que incluem uma ferramenta de cálculo em Excel e uma aplicação dos resultados num sistema de informação geográfica de forma a facilitar a sua integração nas actividades de planeamento urbano e na operacionalização das estratégias municipais de adaptação à alterações climáticas (ENAAC´s).


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview