218820160    oinstalador@gmail.com

Eficiência energética no Aquecimento de Águas Sanitárias


Cada vez mais o comum cidadão está sensibilizado para a necessidade e para os ganhos obtidos ao investir num eficiente sistema de Águas Quentes Sanitárias (AQS).

Neste campo, o mercado tem vido a dar cada vez maior destaque a dois tipos de Sistemas: os solares térmicos e os de bombas de calor de AQS. O primeiro, é já um sistema muito maduro, com grandes vantagens sobre os outros sistemas pelos gastos quase nulos durante grande parte do ano, reduzindo em média os consumos anuais em cerca de 70%.

No entanto, são sistemas de instalação mais complexa e, por vezes, não se reúnem as condições necessárias para a sua instalação, por exemplo, pela falta de exposição solar. Já no segundo tipo de sistema, o das bombas de calor, a simplicidade de instalação tem permitido ganhar cada vez mais a preferência de instaladores e de utilizadores finais.

Nas bombas de calor com acumulação incorporada é importante que as mesmas garantam:

  • 45 litros de acumulação por pessoa

O volume de água disponível por pessoa influencia directamente a temperatura a que temos que acumular a água. Se quisermos ter apenas 20 litros por pessoa é possível, mas a acumulação deverá estar a temperaturas acima de 75ºC. Se a disponibilidade for de 45 litros, teremos água quente suficiente, mesmo que o set-point seja de 50-55ºC. Quando baixamos a temperatura aumentamos a eficiência da bomba significativamente.

  • Protecção anti-legionella

Para podermos manter o set-point a 50-55ºC é necessário garantir uma esterilização semanal da água. O procedimento é um incremento da temperatura da água, de forma automática, durante duas horas a 75ºC. Sem esta esterilização há o risco de desenvolvimento de legionella.

  • Condensador do circuito frigorífico pelo exterior da acumulação

Há dois tipos de bombas de calor. Ou com o condensador imerso no acumulador, ou com o mesmo enrolado pelo exterior, entre a cuba e o isolamento. No caso das primeiras, caso haja uma rotura da serpentina, haverá uma contaminação da água pelo óleo do compressor do circuito frigorífico. No caso das segundas esse risco não existe.

  • Programação horária

A programação horária tem duas vantagens. A primeira, quando o sistema é integrado com um sistema solar, o funcionamento noturno tem a vantagem do desfasamento de operação da bomba de calor e do solar, beneficiando com um maior rendimento do sistema solar. A outra vantagem é quando o utilizador tem tarifa bi-horária: se o volume disponível por pessoa permitir o funcionamento exclusivamente noturno, os ganhos são óbvios pelo menor custo de funcionamento.

A pensar nas grandes vantagens da eficiência energética das Bombas de Calor AQS, o grupo GIA anunciou dois novos modelos HTW, ambos de 200 litros (para 4 pessoas), um deles preparado para integrar o sistema solar.

As grandes vantagens destas novas bombas HTW-AT-O-200VA1 e HTW-ATS-O-200VA1 são:

  • Classe A+
  • Serpentina do condensador pelo exterior
  • Função anti-legionella
  • Tanque vitrificado
  • 3 horários programáveis

Mais informações em info.pt@groupgia.pt

*Artigo publicado na edição de Outubro de 2016 da revista O Instalador


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview