218820160    oinstalador@gmail.com

ASM Energia investe €5 milhões numa nova linha de produção e fomenta competitividade no sector das renováveis.


A ASM Energia, com sede e produção em Sever do Vouga, o maior produtor português de torres eólicas, e o único que também produz para utilização offshore (ou seja, em pleno mar), acaba de investir cinco milhões de euros numa nova linha de produção, com inauguração prevista no final do mês de Fevereiro.

«Esta nova unidade vai permitir aumentar a nossa produção em 40%, o que fomenta a competitividade no sector das renováveis e consolida a nossa posição como maior produtor nacional, e um dos dez maiores na Europa», destaca, em comunicado, Adelino Costa Matos, CEO da ASM Industries, que detém a ASM Energia.

«A área das energias renováveis continua a ser um sector em crescimento e a evolução contínua da tecnologia possibilita a rentabilização e melhoria de performance dos parques eólicos, quer onshore, quer offshore», explica o CEO.

«Queremos contribuir para a inovação da energia eólica no nosso País, e manter a nossa capacidade exportadora na ordem dos 95%, para a Europa e Américas, onde se encontram os nossos atuais e potenciais clientes, nomeadamente na aplicação offshore das torres eólicas», realça Adelino Costa Matos.

O recente investimento de cinco milhões de euros da ASME inclui a construção de um novo pavilhão e aquisição de maquinaria avançada – inclusivamente uma máquina que permite dobrar aço com 100 mm de espessura, capacidade necessária para as torres de nova geração.

Estes investimentos dotam a empresa de capacidade para fabricar secções de torres eólicas metálicas, com maior comprimento, espessura e diâmetro.

O CEO da ASM Energia evidencia ainda a criação de pelo menos 30 novos postos de trabalho, para assegurar o crescimento da produção e da empresa.

«Temos recursos humanos qualificados, uma equipa jovem, dinâmica, com alguns novos quadros superiores portugueses de elevado potencial que fomos recrutar ao estrangeiro para regressarem ao nosso país», afirma.

A ASME facturou em 2016 mais de 13 milhões de euros em torres eólicas, e prevê, ainda em 2017, chegar aos 20 milhões de euros de facturação, e aos 50 milhões em 2020, mais do que triplicando a facturação em quatro anos.

A ASM Energia produziu, desde 2006, mais de 3.500 secções metálicas para torres eólicas, especialmente para os mercados europeu e sul-americano.

A ASM Energia pertence à ASM Industries, sub-holding do Grupo A. Silva Matos, uma estrutura empresarial exclusivamente familiar.

O Grupo teve origem em 1980, quando Adelino Silva Matos fundou, com a mulher, Edite da Costa e Silva Matos, a A. Silva Matos Indústria Metalúrgica Lda. (especializada em estruturas de aço inoxidável para as indústrias alimentar, química, farmacêutica, entre outras). Hoje, a subholding ASM Industries é administrada por Adelino Costa Matos, o mais novo dos três filhos do fundador.

Actualmente o Grupo ASM é constituído por mais de 20 empresas, localizadas em vários países, totalizando cerca de 450 colaboradores e faturando cerca de 50 milhões de euros.

O grupo é constituído por três unidades de negócio/subholdings, independentes, criando valor em cada sector de atividade onde estão inseridas.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview