218820160    oinstalador@gmail.com

O grupo alemão ZF abriu esta semana, em Ponte de Lima, um centro de engenharia que representou um investimento de cinco milhões de euros e implicou o recrutamento de 38 engenheiros e técnicos especializados.


Segundo o administrador do centro de engenharia da multinacional alemã, Alexandre Marques, o novo centro «foi comparticipado em cerca de quatro milhões de euros pelo Portugal 2020», a que acresce o investimento na construção do edifício, orçado em cerca de «um milhão de euros».

O responsável, que falava aos jornalistas durante a abertura do centro de Investigação e desenvolvimento (I+D), instalado na zona industrial da Gemieira, onde o grupo detém uma fábrica de componentes automóveis, adiantou que para este novo projecto foram «recrutados 28 trabalhadores, entre engenheiros e técnicos especializados», sendo que, no total, em Ponte de Lima a multinacional emprega 65 trabalhadores.

Trata-se do segundo centro de engenharia que o grupo ZF, que afirma ser «dos maiores fornecedores de componentes para a indústria automóvel de todo o mundo», detém no distrito de Viana do Castelo. O primeiro entrou em funcionamento, em 2001, em Vila Nova de Cerveira.

«Neste novo centro temos cerca de 65 trabalhadores e, em Vila Nova de Cerveira, temos 40. Este ano vamos recrutar mais 30 colaboradores, entre eles, mais engenheiros e pessoal especializado», adiantou. Temos actualmente 105 e contamos atingir os 130/135 até final deste ano. Cerca de 60% destas pessoas são provenientes da Universidade do Minho»,  explicou.

O novo centro «está vocacionado para o desenvolvimento, prototipagem e teste de módulos de ‘airbag’ e componentes têxteis».

O secretário de Estado Adjunto e do Comércio, Paulo Ferreira, que presidiu à abertura do empreendimento, sublinhou que o novo centro «faz parte do investimento na investigação e desenvolvimento que Portugal quer atrair cada vez mais».

A ZF reclama a liderança mundial em tecnologia de transmissão e chassis, além de tecnologia de segurança activa e passiva. A empresa tem cerca de 137.000 trabalhadores em 40 países.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview