218820160    oinstalador@gmail.com

A chuva que caiu há uns dias não foi suficiente para tirar Portugal da designada 'seca severa ou extrema'.


Texto: Revista O Instalador
Foto: José Alex Gandum


Cerca de 97% de Portugal continental está em seca severa ou extrema, percentagem ainda superior  chuvas que caíram há uns dias e que, caricatamente, até provocaram algumas inundações, em especial em algumas cidades do Algarve.


Embora parte de Portugal neste momento esteja a tiritar de frio, a verdade é que os meses de Setembro, Outubro e Novembro deste ano, em conjunto, tiveram o valor médio de temperatura máxima mais alto desde 1931, isto é, desde que há registos em Portugal.


O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) adiantou que aqueles três meses foram os segundos mais secos desde que há registos, só sendo batidos por 1971 quando ainda choveu menos nestes meses que em 2017.


Ainda sobre a falta de precipitação, Novembro foi o oitavo mês seguido com chuva abaixo da média, com a agravante de que este período (de Abril a Novembro) foi mesmo o mais seco desde sempre. A precipitação não ultrapassou os 30% do habitual.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview