218820160    oinstalador@gmail.com

O astronauta da Agência Espacial Americana (NASA), Randy Bresnik, postou no Twitter fotografias tiradas a 400 km de altitude, que revelam a grande magnitude dos incêndios na Califórnia.


Foto: NASA 

Os grandes incêndios no estado norte-americano da Califórnia continuam a consumir milhares de hectares, tendo queimado, por exemplo, cerca de 12 mil hectares em poucas horas. Esses incêndios são bem visíveis do Espaço, onde uma espécie de grandes pântanos de fumo se elevam para a atmosfera e são dispersos pelo vento para oeste, na direcção ao Oceano Pacífico. 

Estes ventos fortes e secos provenientes do deserto da Calif´ronia estão a agravar os incêndios no litoral sul deste Estado, onde já foram atingidas centenas de habitações, provocando a fuga de milhares de pessoas para Los Angeles, a segunda maior cidade dos Estados Unidos da América (EUA). Cerca de 200 mil pessoas já foram evacuadas dos lugares mais perigosos. 

Outra imagem que revela a grande magnitude destes incêndios foi publicada pela NASA e corresponde ao instrumento MODIS do satélite Aqua, que detecta o calor das chamas, visível a linhas vermelhas.

No entanto, as imagens mais dramáticas das chamas são as captadas à superfície e que estão a ser divulgadas por um utilizador do Twitter, A. Mutzabaugh CMT, captadas do interior de uma viatura em que se mostra todo o lado de uma montanha a arder durante a noite enquanto os veículos das pessoas que fogem das chamas circulam a poucos quilómetros numa auto-estrada em direcção a Los Angeles.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview