218820160    oinstalador@gmail.com

O presidente da Câmara de Viseu anunciou que o município vai investir mais de 400 mil euros na aquisição de equipamentos eléctricos de limpeza urbana e manutenção de jardins para reduzir emissões poluentes e a factura energética.


«Este é um passo de modernização e racionalidade ambiental da cidade-jardim. Queremos cada vez mais ter veículos que não sejam poluentes, libertando a nossa cidade cada vez mais de CO2», sustentou Almeida Henriques, citado pela Lusa.

A Câmara de Viseu ratificou neste dia uma candidatura ao Fundo Ambiental, que permitirá adquirir dois aspiradores de folhas e resíduos, quatro aspiradores eléctricos, um veículo eléctrico de lavagem de alta pressão, três ligeiros de mercadorias e transportes de pessoas e materiais, uma máquina varredora eléctrica e um quadriciclo de transporte de pessoas e material.

«Esta é uma alteração profunda, que no fundo é o início da reestruturação do parque automóvel do município, onde serão privilegiadas as energias limpas. Neste caso, são veículos 100 por cento eléctricos», destacou.

No final da reunião do executivo, Almeida Henriques sublinhou que com a aquisição destes equipamentos eléctricos, por concurso público, o município estima poupar em combustível mais de 25 mil euros em cinco anos, para além de economizar também na sua manutenção.

«Esta candidatura faz parte de uma estratégia que o município definiu para ter, cada vez mais, ao seu serviço, viaturas que sejam mais equilibradas do ponto de vista ambiental, utilizando tecnologias mais limpas e baratas. Isto vai-nos permitir aumentar a nossa capacidade de intervenção, diminuir emissões poluentes e reduzir custos operacionais», explicou.

No plano nacional, Viseu é a segunda cidade com maior investimento candidatado, a seguir à cidade do Porto.

Aos jornalistas, o autarca referiu que espera receber os primeiros equipamentos eléctricos no Verão.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview