218820160    oinstalador@gmail.com

Portugal registava, em 2015, o oitavo valor mais elevado entre os 28 Estados-membros da União Europeia em termos de recurso a energias renováveis, que representavam 28% do consumo final bruto de energia.


Os dados revelados pelo Eurostat, citados pela Lusa, mostram que, em 2015, a parte de energia proveniente de fontes renováveis no consumo final bruto de energia atingiu os 16,7% na UE.

Este valor representa sensivelmente o dobro do que se verificava em 2004 (8,5%), primeiro ano para o qual há dados disponíveis.

Ainda assim, ficou aquém do objectivo traçado para o conjunto da União até 2020, de 20%.

No topo da lista dos países que mais recorrem a fontes de energia renováveis encontra-se a Suécia, com 53,9%, seguida da Finlândia (39,3%), Letónia (37,6%), Áustria (33%), Dinamarca (30,8%), Croácia (29%), Estónia (28,6%) e Portugal (28%).

Do lado oposto, os países cujo consumo de energia menos depende de fontes de energia renováveis são Luxemburgo e Malta (5% em ambos), Holanda (5,8%) e Bélgica (7,9%).


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview