218820160    oinstalador@gmail.com

A Economia Circular foi o tema que abriu a Green Business Week 2017 que decorre, em Lisboa, entre 15 e 17 de Março. Compromissos com a gestão de recursos, novas utilizações de materiais e poupança para produtores e consumidores finais foram as temáticas em discussão.



Texto: Ana Clara

Fotos: Olinda Gama

Teresa Ponce de Leão, do LNEG, foi uma das oradoras da conferência dedicada à Economia Circular, que decorreu esta manhã, 15 de Março, no âmbito da Green Business Week.

A responsável abordou, entre várias temáticas, a importância da melhoria nas práticas sustentáveis, a aposta na inovação, a reutilização de materiais e matérias- primas, bem como a necessidade de desenvolvimento de processos e ferramentas facilitadoras para empresas e instituições.

Teresa Ponce de Leão não tem dúvidas: «a transição para a economia de baixo carbono está a acontecer».

Pedro Nazareth, da AMB3E, abordou, na sua comunicação, o tema da Economia Circular no âmbito da responsabilidade alargada do produtor bem como a abordagem alargada na cadeia de valor/produção.

O responsável lembrou ainda o enfoque sobre a hierarquia  de  gestão de resíduos e a importância do pacote da economia circular da Comissão Europeia.

Já Ricardo Pedrosa Gomes, da CPCI, analisou a Economia Circular no âmbito da Construção, um sector que conta com «a utilização de recursos de forma impactante», pelo peso que representa a nível económico no país.

Para Pedrosa Gomes «é urgente a transição para um novo modelo de negócio no sector, mais eco-sustentado, e adaptar os modelos de construção às necessidades de futuro».

A Green Business Week decorre até dia 17 de Março, no Centro de Congressos de Lisboa. O Instalador é media partner do certame, e está presente no evento com stand próprio.  

Leia a reportagem completa na edição de Abril da nossa revista. 


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview