218820160    oinstalador@gmail.com

São 10 hectares que recriam uma "viagem" ao passado longínquo, dominado por animais gigantes. O Dino Parque da Lourinhã, apadrinhado pelo Professor Galopim de Carvalho, será um Parque Jurássico ao nível dos melhores do mundo


Fotos: Dino Parque da Lourinhã


O Instalador transcreve as palavras do Professor Galopim de Carvalho, precursor do estudo dos dinossauros em Portugal, e não só:


"Em 1994, a convite do director, Herr Bernard Wolter, visitei o famoso museu de ar-livre, “Dinosaurier-Freilichtmuseum em Munchehagen, perto de Hanover, na Alemanha, centro de atracção de centenas de milhar de visitantes de toda a Europa, e fiquei fascinado com tudo o que vi.


O Dino Parque da Lourinhã, a abrir ao público no próximo dia 9 de Fevereiro, não lhe fica atrás, antes pelo contrário. Novas descobertas e o recurso a meios tecnológicos entretanto desenvolvidos, fazem deste outro museu de ar-livre um importante pólo de atracção turística ao nível dos grandes expositores mundiais como o referido “Dinosaurier-Freilichtmuseum”, ou o grande “Royal Tyrrell Museum of Palaeontology”, em Drumheller (Alberta, Canadá), que também tive oportunidade de visitar.


Inserido numa área de 10 hectares, permite uma “viagem”, numa extensão de 2,5 km, através de diferentes períodos da história da Terra (Devónico, Carbonífero, Triásico, Jurássico e Cretácico, num total de cerca de 400 000 000 de anos), mostra mais de 120 réplicas de dinossauros e outros animais, em tamanho natural, construídos em estreita cooperação com cientistas de todo o mundo, o que confere aos modelos um elevado rigor cientifico.


O Dino Parque da Lourinhã foi especialmente concebido como uma experiência, a um tempo, educativa e de entretenimento, aliando a componente pedagógica (evolução da vida sobre a Terra) à diversão.
No edifício central do Dino Parque, o visitante encontrará um exposição do Museu da Lourinhã, exibindo o seu importante espólio, fruto das descobertas paleontológicas dos próprios elementos do Museu. No laboratório anexo poderá observar, ao vivo, a preparação de fósseis e, no Pavilhão das Actividades, experimentar alguns dos procedimentos relacionados com a paleontologia."


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview