218820160    oinstalador@gmail.com

Foram recebidas 21 candidaturas ao Programa “Sê-lo Verde”, que apoia a sustentabilidade ambiental dos festivais de música realizados em Portugal. Até terça-feira, 4 de Abril, último dia das candidaturas, o total de apoios solicitados atingiu o valor de 1,45 milhões de euros, para um programa com uma dotação máxima de 0,5 milhões de euros.


De acordo com o Ministério do Ambiente, o programa define duas categorias de candidaturas: a dos festivais com um número entre 5 000 e 25 000 espectadores e a dos festivais com mais de 25 000 espectadores.

«A taxa de financiamento fixada nas candidaturas foi de 40% ou de 60%, respectivamente para medidas intangíveis (exemplos: acções de sensibilização ou de comunicação) e tangíveis (exemplos: promoção da reciclagem ou redução do consumo de água)», indica a tutela.

As propostas vão ser agora avaliadas de acordo com os critérios pré-definidos, de que são exemplos a inovação e a relação custo/benefício.

A decisão sobre as propostas apoiadas será conhecida na primeira quinzena de Maio.

O júri que as avaliará é presidido por Miguel Guedes (área Musical) e integra ainda Miguel Barbosa (área da Inovação) e Ângela Morgado (área do Ambiente).

O “Programa Sê-lo Verde” 2017 tem em vista incentivar a adopção de boas práticas ambientais, inovadoras e com impacte ambiental, social e económico nos grandes eventos de música.

Com este programa o Ministério do Ambiente pretende, entre outros objectivos, reduzir a produção de resíduos nos festivais. Caso ocorra uma redução, para metade, dos resíduos produzidos nos festivais portugueses, poupar-se-á mais de meio milhão de euros.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview