218820160    oinstalador@gmail.com

Um aluno do Técnico e mais dois amigos inspiraram-se nas constantes perturbações do metropolitano de Lisboa e desenvolveram duas plataformas para facilitar o acesso do utilizador à informação.


“O tempo de espera é superior ao normal” é uma frase que ninguém gosta de ouvir quando desce as escadas para o Metro de Lisboa, e uma “deixa comum” que atrasa várias vezes os utilizadores regulares do metropolitano. 

Gabriel Maia, estudante do Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores no Técnico, e mais dois colegas criaram duas ferramentas que o vão ajudar a gerir o tempo em função dos atrasos do metro.

O site perturbacoes.pt e a app UnderLx permitem ao utilizador saber se irá viajar sem problemas.

«O site começou por ser uma coisa pouco séria, mas tornou-se moderadamente popular e as respostas que recebi indicaram-me que havia espaço para fazer algo mais completo», explica o aluno do Técnico, citado na página do IST.

Assim e dando resposta ao facto do Metro não ter uma app oficial nasce este projecto «que ainda está longe de estar completo», garantem os seus autores.

A aplicação e o site encontram-se ligados, dependendo uma das funcionalidades do outro, embora tenham objectivos diferentes.

A visão para o site é disponibilizar estatísticas e informação suplementar sobre a rede de metropolitano de forma a que as pessoas possam monitorizar a qualidade do serviço.

Já para a aplicação a ideia é acompanhar os utilizadores no uso diário ou esporádico do Metro, e simultaneamente recolher dados sobre o serviço prestado pelo metropolitano.

«A app também já se tenta adequar, de forma limitada, aos percursos mais comuns do utilizador», detalha Gabriel Maia.

«No futuro, esperamos poder expandir esse tipo de funcionalidade, bem como mostrar mais informação sobre o estado do serviço aos utilizadores, com base em informações submetidas», acrescenta.

A indicação do estado das linhas em tempo real e as notificações de perturbações representam uma mais-valia para os utilizadores do metro, e por isso ambas as plataformas têm vindo a cativar seguidores e utilizadores, permitindo-lhes “ganhar tempo”, e tentar encontrar alternativas de transporte ou percurso que evitem os problemas que lhes são anunciados.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview