218820160    oinstalador@gmail.com

A WindEurope refere num relatório divulgado esta semana, que a Europa atraiu 43 mil milhões de euros em investimento para novos parques eólicos. Contudo, o investimento dos governos começa a cair.


De acordo com o documento o financiamento de activos para novos projectos eólicos atingiu os 27,6 mil milhões de euros em 2016, com um recorde de 18,2 mil milhões no sector da eólica offshore.

Já os investimentos em eólica onshore caíram 5% para 9.4 mil milhões de euros.

Durante o ano passado, o Reino Unido foi o maior mercado para novos projectos onshore e offshore, ao arrecadar 12,7 mil milhões de euros.

Segundo a WindEurope, o mercado europeu de eólica irá desacelerar em 2017 porque os governos estão a apostar em leilões de energia para atrair empresas, afastando-se das tarifas “feed-in”.

 «O vento foi o maior receptor de investimento no sector de energia em 2016. A competitividade da nossa indústria e a reduzida percepção de risco trouxeram grandes players financeiros que procuram diversificar as suas carteiras», afirma Giles Dickson, CEO da WindEurope.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview