218820160    oinstalador@gmail.com

Chefes de Estado africanos comprometem-se a recorrer às energias renováveis, ao abrigo do Acordo de Paris, no que vão ser apoiados pela União Europeia


Texto: Revista O Instalador

A União Europeia (UE) e a União Africana reiteraram na Quinta-feira passada o compromisso de cooperar para promover as energias renováveis no continente africano, e assim contribuir para os esforços de implementação do Acordo de Paris sobre Alterações Climáticas e Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

«Representantes da Comissão Europeia e da União Africana estão empenhados em prosseguir a nossa cooperação em energias renováveis em África, em linha com os esforços globais para implementar a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e o Acordo de Paris sobre as Alterações Climáticas», lê-se na declaração conjunta assinada pelo Comissário para o Desenvolvimento, Neven Mimica, e o presidente da União Africana, Alpha Condé, à margem das Jornadas Europeias do Desenvolvimento.

Também foi lançada a ambiciosa Agenda 2063 da União Africana para promover as renováveis como contribuição essencial para o desenvolvimento sustentável e enfrentar o duplo desafio  de alcançar alimentação universal e o combate às alterações climáticas.

Graças ao apoio da UE, mais de 18 milhões de africanos passaram a ter acesso a serviços energéticos sustentáveis, um número que se espera chegue aos 30 milhões este ano.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview