218820160    oinstalador@gmail.com

O Presidente brasileiro, Michel Temer, entregou esta quarta-feira ao secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-Moon, o documento de adesão ao Acordo de Paris sobre as mudanças climáticas.


O Tratado de Paris estabelece que os países adoptem acções para evitar que a temperatura global suba mais do que 2°C acima dos níveis registrados durante a era pré-industrial. 

O Brasil assumiu o compromisso de cortar as emissões de gases de efeito estufa em 37% até 2025, com o indicativo de redução de 43% até 2030.

Para alcançar essa meta, o país terá que aumentar a participação de fontes renováveis na matriz energética e recuperar áreas desmatadas.

O Brasil também se comprometeu a acabar com o desmatamento da Amazónia e a restaurar 12 milhões de hectares de florestas até 2030.

No evento realizado na sede da ONU no qual Temer entregou a adesão brasileira do tratado de Paris, Ban Ki-Moon anunciou que 60 países já assinaram o acordo.

Segundo o secretário-geral da ONU, as nações que se comprometeram em reduzir a produção de poluentes são responsáveis por 47,5% das emissões do planeta.


Bootstrap Image Preview Bootstrap Image Preview