Informação profissional do setor das instalações em Portugal
As tecnologias existentes, comprovadas e competitivas podem permitir alcançar 70% de redução de emissões

Empresas reduzem as emissões em até 19% através de ferramentas digitais - relatório

Redação Induglobal14/02/2022
A inteligência artificial, o machine learning, o blockchain e a modelação 3D são fundamentais para apoiar as transformações existentes, sendo soluções viáveis para superar os desafios climáticos.
foto

A Schneider Electric divulgou um novo relatório que analisa o papel essencial que a inovação digital pode desempenhar para fazer progredir a sustentabilidade e a eficiência.

Desenvolvido em parceria com a CNBC Catalyst, o relatório 'Unlocking a sustainable future: Why digital solutions are the key to sustainable business transformation' explica como as empresas e instituições estão a tirar partido da tecnologia digital para reduzir as emissões de gases de efeito de estufa (GEE), fazer a transição para as energias renováveis e construir cadeias de abastecimento mais transparentes.

Algumas das principais descobertas do relatório são:

  • Como a IBM implementa soluções baseadas em IA e blockchain para construir uma cadeia de abastecimento mais transparente e com baixas emissões de carbono.
  • A iluminação inteligente, a recolha de água da chuva e a energia derivada do óleo de cozinha reduzem em 19% as emissões de GEE do portefólio da Swire Properties.
  • A empresa de engenharia Jacobs está a ajudar a cidade de Londres a analisar milhares de milhões de pontos de dados para criar um sistema de transportes em que 80% das viagens sejam neutras em carbono.
  • Como o sistema de monitorização e gestão de energia solar para telhados da Tata Power está a ajudar clientes em mais de 90 cidades indianas a produzir o equivalente a 258 barris de petróleo através de energia renovável.
Os compromissos assumidos durante a COP26 da ONU vão reformular a agenda empresarial a nível global. Espera-se uma aceleração das iniciativas para dar resposta às alterações climáticas e caminhar em direção à neutralidade carbónica – uma abordagem que será um princípio organizador para as empresas. A escala da emergência climática exige que organizações de todos os setores se mobilizem, agora, para aumentar a eficácia das suas medidas, e a tecnologia digital é o caminho mais direto para atingir os objetivos ambiciosos delineados no acordo da COP26.
“As conclusões da COP26 enfatizam a necessidade urgente de as empresas assumirem a responsabilidade da sustentabilidade e trabalharem, desde já, para se tornarem mais eficientes em termos energia”, afirmou Jean-Pascal Tricoire, Chairman e CEO da Schneider Electric.

“Durante a próxima década, a tecnologia digital colocará em ação a ambição de sustentabilidade. Sendo possível alcançar 70% de redução das emissões através de tecnologias existentes, comprovadas e competitivas, este relatório é a prova de como as organizações podem aplicar as ferramentas digitais da atualidade para nos ajudarem a chegar ao futuro neutro em carbono do qual o planeta depende”, disse.

Inteligência Artificial e machine learning avançados aumentam a sustentabilidade

O relatório 'Unlocking a sustainable future: Why digital solutions are the key to sustainable business transformation' apresenta estudos de caso úteis de empresas e instituições, incluindo a IBM, a Equinix, a IHG Hotels & Resorts, a Swire Properties, a Jacobs, a Singapore Management University, a Tata Power e a Universidade de Oxford. O estudo demonstra como estas organizações inovaram no campo da eficiência digital e os principais stakeholders partilham a sua experiência em sustentabilidade digital.

Ao integrar inteligência humana e de máquina (machine intelligence), as empresas em causa conseguiram capitalizar a aptidão dos algoritmos e da computação de alta capacidade para implementar mudanças em áreas essenciais como a utilização de energia, o design das cidades, o consumo de recursos, a eficiência das cadeias de abastecimento e a geração de energia.
O aumento das expectativas sobre a consecução de objetivos de sustentabilidade tangíveis elevou o padrão de desempenho das empresas. A COP26 enfatizou a necessidade de responsabilização dos governos e das empresas, pelo que as organizações progressistas estão a reconhecer rapidamente que um futuro mais sustentável é fundamental para garantir a viabilidade dos negócios a longo prazo.
A Swire Properties, por exemplo, embarcou numa jornada de descarbonização a longo prazo com foco na redução da intensidade das emissões de GEE do seu portefólio. Alcançar este objetivo requereu um investimento em ferramentas de medição digitalmente eficientes, bem como uma parceria com a Schneider Electric para planear a eficiência energética dos seus edifícios, o que levou a uma redução de 19% dos GEE em todo o portefólio da empresa.

As empresas terão a ganhar se virem a sustentabilidade e a digitalização como transformações conectadas

Os investimentos em tecnologia digital podem criar valor comercial significativo se forem implementados com o parceiro certo para os impulsionar. A pandemia confirmou a importância da digitalização para a continuidade do negócio, e a necessidade de um futuro robusto e eficiente em termos energéticos nunca foi tão clara.
Tal é demonstrado também por empresas como a IHG Hotels & Resorts, que apoia os seus parceiros de franchise em todo o mundo na medição e gestão do impacto ambiental através de uma inovadora plataforma online. Dando um passo mais além, a empresa tem, agora, dois hotéis a caminho da descarbonização – com um itinerário claro que os ajuda a caminhar em direção à neutralidade carbónica, baseado na modelação e em avaliações do seu impacto de carbono.
Reconhecida como a empresa mais sustentável do mundo pela Corporate Knights em 2021, a Schneider Electric tem desempenhado um papel de liderança no desenvolvimento de soluções digitais de eficiência energética para os seus clientes, incluindo os estudos de caso referidos neste relatório. A tecnologia conectada, aberta e digital garante vantagens de negócio e conquistas tangíveis a nível da eficiência e resiliência dos negócios. Isto ajuda os clientes a cumprir, ao mesmo tempo, os seus objetivos para com os shareholders e também o meio ambiente.

Os conteúdos de liderança da Schneider Electric, incluindo este relatório, podem ser consultados, em inglês, no website Schneider Electric Insights.

Empresas ou entidades relacionadas

Schneider Electric España, S.A.U.

oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial