Bombas Grundfos: Obtenha ferramentas, formaçao e conhecimentos gratuitos
Os ferries têm capacidade para 1800 passageiros e 200 veículos

Siemens converte ferries norte-americanos para propulsão híbrida

O Instalador07/01/2020
A Siemens foi a empresa escolhida pela Washington State Ferries (WSF), transportadora norte-americana, para o projeto de eletrificação de três embarcações da sua frota. Custos com combustível diesel e manutenção reduzidos em 12,6 milhões euros por ano.
foto

No âmbito deste trabalho serão realizados estudos de substituição do sistema de controlo de propulsão atual e a sua conversão para propulsão híbrida, que vai resultar numa redução da pegada de carbono em 48.565 toneladas métricas de CO2 por ano.

Após a conversão, estes ferries terão emissões de carbono próximas do zero.

Os três ferries da WTS, da classe Jumbo Mark II e os maiores da frota, são responsáveis por mais de 26% do consumo anual de combustível da empresa, o que corresponde a cerca de 22 milhões de litros de diesel por ano.

Cada uma destas embarcações tem capacidade para 1.800 passageiros e 202 veículos e fazem as ligações entre o centro de Seattle e a ilha de Bainbridge e entre Kingston e Edmonds, no estado de Washington, nos Estados Unidos da América.

António Carvalho, responsável pela área Marine Solutions da Siemens Portugal, explica que “este é um futuro possível para a modernização de frotas a operar no transporte marítimo. Projetos de conversão deste género trazem vários benefícios, quer ao nível da redução dos custos com 1 14 milhões de dólares a manutenção das embarcações e com os combustíveis, quer no resultado real das operações que passam a ser ainda mais seguras e sustentáveis”.

Giatsu descubra toda a gama de AR condicionado e ACS
O Instalador20 Years Jaba traduçao técnica especializada 4.042ª Mostra Convegno ExpocomfortApemeta 5 de março 2020 Fundaçao Cidade LisboaV Congreso da luz e Tepo de Agir!

oinstalador.com

O Instalador - edifícios - energia - ambiente

Estatuto Editorial