Atlas Copco Rental: ar compimido - compresores 100% Isentos de Óleo - compresores electircos e diesel ...

Coopérnico garante mix energético 100% renovável em 2020

O Instalador14/12/2020

Em comunicado, a Coopérnico - Cooperativa de Energias Renováveis salienta que termina o ano “tornando-se na única cooperativa de energias renováveis que garante um mix energético 100% renovável”.

foto
A Coopérnico cumpriu mais uma etapa no seu conjunto de medidas previstas para diminuir o impacto do consumo de energia elétrica por parte dos seus clientes e cooperantes.
Assim, no último semestre do ano, torna-se na única cooperativa energética do mercado com um mix energético de origem 100% renovável graças à compra de Garantias de Origem de energia proveniente de centrais mini-hídricas.

Segundo a REN, em setembro de 2020, as fontes de energia renovável contribuíram com 61% do total da geração de eletricidade, mostrando que Portugal se encontra no caminho favorável para uma transição energética sustentável e para a diminuição do impacto ambiental no consumo de eletricidade.

A obtenção de um mix energético 100% renovável através de Garantias de Origem por parte da Coopérnico acompanha esta tendência de apostar em fontes de energia renovável, fazendo parte de um conjunto de medidas da cooperativa para uma gestão sustentável da energia:

1. Produzir tanta ou mais energia renovável do que a consumida, através de projetos, do que aquela que os seus clientes consomem. Por isso, procuram sempre novos projetos de produção de energia renovável.

2. Obter Garantias de Origem que comprovem ao consumidor final que uma dada quantidade de energia foi produzida a partir de uma determinada tecnologia. Neste caso, através de energias renováveis.

3. Celebrar contratos PPA (Power Purchase Agreements), acordos de compra bilateral com produtores de energia renováveis.

A nível global, a produção de energia é responsável por 70% das emissões de gases de efeito de estufa (GEE). Esta atividade é a que mais contribui para o aquecimento global e, consequentemente, para as alterações climáticas.

Em Portugal, o setor de produção de energia em 2019 foi o que mais contribuiu para as emissões de GEE nacionais. A descarbonização da produção de energia elétrica é fundamental para a redução de GEE deste setor.

Adene: janelas eficientes só com etiqueta energética CLASSE+Um futuro mais verde faz parte da VulcanoDaikin: transformar com a Daikin ISH digital 22 - 26  de marzo de 2021Vulcano: o sucesso é garantido quando esclhe a melhor formaçãoJaba: tradução 4.0

Subscrever a nossa Newsletter

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

oinstalador.com

O Instalador - edifícios - energia - ambiente

Estatuto Editorial