Atlas Copco: vapor - caldeiras de vapor de 1,3 a 16 toneladas/hora
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Testado cabo submarino com fibra multicore

12/10/2021
foto
Primeiro ensaio, levado a cabo pela NEC Corporation, a OCC Corporation e a Sumitomo Electric Industries, Ltd, mostrou que o desempenho de transmissão ótica do cabo na água satisfaz plenamente os requisitos exigentes dos modernos cabos submarinos de longo curso.

As exigências da utilização de dados são cada vez maiores – a previsão aponta para 30 a 40% % em termos de Taxa de Crescimento Anual Composta (CAGR) no período de 2020-2026. Em causa o crescimento dos dados móveis 5G, e a necessidade de partilhar cada vez mais conteúdos entre centros de dados distribuídos por todo o mundo.

E, para conseguir satisfazer as necessidades as infraestruturas têm de ser melhoradas. Especificamente as redes submarinas estão a adotar a tecnologia de multiplexagem por divisão espacial (SDM), onde o número de canais espaciais independentes é aumentado para maximizar a capacidade total do sistema, reduzir o consumo de energia e otimizar o custo por bit.

Como refere a NEC, “espera-se agora que a fibra multicore aumente ainda mais o número de núcleos paralelos de fibra ótica, sem aumentar o tamanho e estrutura do cabo submarino, permitindo uma segunda geração de sistemas SDM submarinos”.

 

foto
Comparação de cabos de fibra convencionais e multicore

Características do cabo submarino de fibra multicore

A fibra convencional monomodo tem um único núcleo dentro de uma fibra individual. Em contraste, cada fibra multicore contém vários núcleos (4 núcleos, neste caso). Isto representa um aumento de quatro vezes no número de canais espaciais para a mesma quantidade de fibras óticas e a mesma estrutura de fibra: cada fibra tem 250µm de diâmetro (0,25mm) após o revestimento.

A fibra desacoplada de 4 núcleos está a ser implantada dentro do cabo OCC SC500 série LW (ultra leve), que tem um diâmetro exterior de 17mm e suporta 8.000 metros de profundidade de água. Este cabo pode acomodar até 32 fibras. Com fibra multicore, o número de núcleos pode ser aumentado sem aumentar o diâmetro do cabo, com os correspondentes benefícios no custo por bit do sistema de cabo.

foto
Imagem do cabo OCC SC500 LW

Resultados do ensaio

Os dados obtidos com o ensaio realizado mostram que, segundo informações disponibilizadas pela NEC, que “o desempenho de transmissão ótica do cabo na água satisfaz plenamente os requisitos exigentes dos modernos cabos submarinos de longo curso”. Por outro lado, e adicionalmente, verifica-se que “o processo de cablagem da fibra multicore da Sumitomo Electric não tem qualquer efeito sobre as suas características óticas, alcançando excelentes propriedades de atenuação”.

Esta investigação foi apoiada pelo Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações (MIC) do Japão, no âmbito da iniciativa “Investigação e Desenvolvimento de Tecnologia Inovadora de Redes Óticas para uma Nova Infraestrutura Social” (JPMI00316).

Nova gama de Ar CondicionadoFujitsu ar condiionado mámixo siléncio mínimo consumoDecorHotel: Fil - Lisboa 21 a 23 Out 2021Portugal Smart Cities Summit 16 - 18  de nov. 2021 FIL - Parque das NaçõesAPREN - Associação Portuguesa de Energias RenováveisJaba: tradução 4.0Bombas de calor Spirit inverterHisense: serie HI - AquaSmart menos emisiones de CO2Associação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar CondicionadoAdene: janelas eficientes só com etiqueta energética CLASSE+

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial