Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Portugal: um País de cidades cada vez mais inteligentes

Ana Clara19/11/2021

Soluções, projetos e tecnologias que marcam a diferença rumo a um Portugal mais inteligente. Foi tudo isto que trouxe o Portugal Smart Cities Summit 2021, que decorreu na Feira Internacional de Lisboa (FIL), de 16 a 18 de novembro. Revista O Instalador foi media partner do certame.

foto

O certame já se tornou uma referência no segmento das smart cities em Portugal, com conferências, debates e uma montra de empresas que trilham o caminho das cidades inteligentes em Portugal.

Entre as temáticas debatidas, destaque para os desafios das cidades no futuro, a digitalização sustentável da sociedade, a economia digital mas também a descarbonização dos transportes, as oportunidades nos setores da água, ambiente, energia e resíduos.

Aspetos que se revelam cada vez mais importantes no grande desafio futuro da sustentabilidade integrada, sobretudo, se pensarmos que atualmente cerca de 55% da população mundial vive em cidades, e estima-se que este número chegue quase aos 70% até 2050. 

Na sessão de abertura do Portugal Smart Cities Summit, Jorge Rocha de Matos, Presidente da Fundação AIP, vincou a importância de "relançar Portugal, depois desta pandemia, com cidades mais inteligentes, mais competitivas, tornando o País mais competitivo no quadro europeu". 

A razão do investimento da Fundação AIP no certame radica no facto de a economia dos países e das regiões envolventes “se polarizarem cada vez mais nas cidades" que "já albergam mais de metade da população mundial e se prevê que, no horizonte de 2050, possa vir a representar 65% do total, a par de um forte crescimento das grandes mega cidades. E também é verdade que estas se apresentam como grandes catalisadoras económicas, sociais e tecnológicas atualmente”.

Rocha de Matos salientou que autarquias, empresas e cidadãos - agentes principais da feira - são atores "essenciais" para a mudança necessária e exigente que está em curso. No caso dos municípios, destacou, "eles são essenciais para contribuir para cidades mais conectadas, sociais e inclusivas". 

foto
Jorge Rocha de Matos, Presidente da Fundação AIP, na sessão de abertura do certame.

Já o ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, começou a sua intervenção por realçar a importância da COP26, que tinha terminado em Glasgow dias antes, e lembrou a relevância que as cidades têm na concretização dos objetivos do clima. "E torna-se mesmo muito relevante a importância que as cidades sempre tiveram na construção e nas transformações da História". 

“Este esforço que temos de fazer para ter cidades neutras em carbono é essencial”, realçou, vincando que “só as cidades e as autarquias têm uma consciência maior sobre este esforço, não deixando ninguém para trás, escolhendo as soluções certas". Nesta medida, e aludindo aos transportes, o ministro lembrou que a oferta de serviços de transporte público coletivo que existe, por exemplo, em Lisboa e no Porto, "é a mesma que existia há dois anos. A procura é de apenas 60%". "É absolutamente essencial avançar com políticas que promovam a utilização do transporte público coletivo", alertou Matos Fernandes.  

O ministro afirmou que, para a indústria, "é claro este esforço de descarbonização", tal como "tem de ser claro para o mundo financeiro na cor do portfólio de que dispõe ao nível dos seus clientes". 

Todas as conferências podem ser consultadas e visualizadas no canal de Youtube da FIL.

Durante o certame, a Revista O Instalador falou com algumas empresas e quisémos conhecer as suas soluções. Em seguida, damos a conhecer algumas delas.

foto

NEC

Uma das empresas que marcaram presença no Portugal Smart Cities foi a NEC Portugal, dando a conhecer as suas soluções para cidades inteligentes, com base em IoT e Analítica de Dados.

Em destaque, a Plataforma Urbana – NEC CCOC (Cloud City Operations Center), que permite uma gestão integrada e coordenada dos diferentes serviços e ocorrências de uma cidade, através da integração e processamento de múltiplas fontes de dados (sejam as provenientes de IoT ou de aplicações legadas), eliminando silos de informação entre serviços e departamentos da cidade.

Neste âmbito, destaca-se a implementação pela NEC da Plataforma de Gestão Inteligente de Lisboa, premiada como um dos 50 projetos mais influentes em comunidades inteligentes de todo o mundo, em 2019.

foto

Enermeter

Eduardo Barroso, coordenador técnico da Enermeter, falou à nossa reportagem sobre a presença da empresa no Portugal Smart Cities Summit. "A Enermeter é uma empresa portuguesa de base tecnológica que se dedica ao ramo da medição de água, gás e eletricidade e todos os equipamentos e softwares que gravitam em torno desta área. Somos fornecedores de referência dos grandes players nacionais como a e-Redes, Galp, REN Portgás e as maiores distribuidoras de gás a nível nacional e também entrámos recentemente na área da gestão de resíduos com uma plataforma que nos permite digitalizar todo o processo de recolha de resíduos e limpeza diária", explicou.

foto
Eduardo Barroso, coordenador técnico da Enermeter.

A empresa nasceu em Braga em 2001 e aposta constantemente em soluções inovadoras nas áreas em que atua. Na FIL, deram também a conhecer a Plataforma Garbagere, uma nova ferramenta para o País na gestão da limpeza urbana e recolha de lixos e resíduos em tempo real, e que já está a funcionar há dois anos na cidade dos Arcebispos. 

Previsão, planeamento e gestão de ativos são algumas das vantagens diferenciadoras que esta plataforma oferece. Uma ferramenta, explica Eduardo Barroso, que permite digitalizar a recolha de resíduos. "Ou seja, toda a atividade de recolha de contentores, de papeleiras, de lavagens das mesmas, limpeza diária, é toda registada através deste sistema, sendo os dados disponibilizados depois às empresas", refere o responsável. 

Falamos, assim, da otimização de rotas de recolha de lixo e resíduos e de limpeza urbana, reduzindo custos operacionais e, simultaneamente, diminuindo o impacto ambiental.

Ubiwhere

Fundada em 2007, a Ubiwhere está focada na investigação e desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras, orientada para as áreas das cidades inteligentes, telecomunicações e internet do futuro.

A equipa, com mais de 80 colaboradores, é um dos pilares de sucesso da empresa sedeada em Aveiro que também marcou presença no Portugal Smart Cities Summit 2021.

foto
A empresa coopera com uma ampla rede tecnológica a nível nacional e internacional, que valoriza a contribuição em grande escala da empresa para os seus projetos. É reconhecida através de várias certificações: ISO 9001, np 4469: 2019 e NP 4457: 2007.

Um dos serviços que disponibiliza é a 'Urban Plataform' - Plataforma Urbana, criada a partir da visão da Ubiwhere de proporcionar às cidades uma visão holística do seu ambiente urbano. Feita para cidades que procuram contribuir ativamente para aqueles que a gerem e para os seus habitantes, a empresa começou a desenvolver várias soluções para os exigentes desafios que as cidades inteligentes enfrentam (como a redução das emissões ambientais, a melhoria da eficiência energética e mobilidade, bem como o caminho para a sustentabilidade). 

Falamos de uma plataforma intuitiva e abrangente que oferece uma visão global e integrada das cidades, exibindo informação de vários domínios, em tempo real, num painel de instrumentos personalizável de acordo com cada preferência do cliente. Entre as suas funcionalidades, destaque para:

  • o estado da cidade em tempo real e análise histórica a curto prazo
  • gestão de ocorrências e incidentes com fluxos de trabalho personalizados para uma resposta eficiente
  • indicadores-chave de desempenho de desenvolvimento sustentável disponíveis
  • monitorização e análise eficaz das condições ambientais, eficiência energética e consumo
  • estacionamento holístico e gestão e tráfego através de análise de CCTV e agregação de dados. 
Um futuro mais verde faz parte da VulcanoKeyter: HVAC&R SolutionsConcreta Arquitetura Construçao Desenho Engenharia 13 - 16 outubro 2022CEES 27 - 30 june 2023 Funchal / Portugal International ConferenceChillventa: International Exhibition Refrigeration. Nuremberg 11 -13.10.2022Segurex 11 - 13  cout 2022 Salão internacional de protecção, segurança e defesaBosch: o ar condicionado perfeito todos? é simples. É Bosch

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial