Disterm: ar condicionado, bombas de calor, ventiloconvetores
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Chaves vai poupar mais de 1,4 mil milhões de litros de água em cinco anos

14/01/2022
Projeto de Eficiência Hídrica com Remuneração por Desempenho promete reduzir as perdas de água ao longo das redes de abastecimento do concelho.
foto
Os números de 2019 colocavam Chaves como um concelho com ineficiências acima da média nacional. Tudo porque “grande parte da água que entrava nas redes de abastecimento de Chaves perdia-se no meio ambiente antes de chegar às torneiras dos consumidores”. O Projeto de Eficiência Hídrica com Remuneração por Desempenho desenvolvido em parceria entre a Câmara Municipal e a INDAQUA, empresa de gestão de sistemas de água e saneamento, promete reduzir o nível de perdas de água do concelho transmontano para cerca de metade dos seus valores atuais, em apenas cinco anos.

Como explica a INDAQUA, o contrato, com um valor próximo de 1,7 milhões de euros, garante ao território benefícios ao nível ambiental, evitando o desperdício de 1,4 mil milhões de litros de água, bem como ao nível económico, já que o concelho obterá uma poupança superior a 2,3 milhões de euros. Resultados que poderão ser ainda melhores, no final do contrato, em 2016, porque a “parceria estabelecida pressupõe a capacitação da entidade contratante, neste caso, a autarquia de Chaves, para continuar a aplicar, no futuro, os métodos que permitem a redução de perdas, gerando poupanças anuais avultadas”.

A novidade está no facto de o risco do investimento estar do lado da empresa e não da entidade contratante. Segundo a INDAQUA isso é possível porque a quase totalidade da sua remuneração depende do seu desempenho, ou seja, do real cumprimento dos objetivos definidos contratualmente para a redução de perdas.

Segundo a empresa, e para alcançar os objetivos definidos, entre outras ações, vai avaliar a necessidade de reabilitação de infraestruturas, atuar na sensorização das redes de água e a implementação de ferramentas de inteligência artificial que vão analisar os dados aí recolhidos e apoiar na rápida atuação no terreno na eliminação de fugas ao longo dos 495 km de redes de água do concelho. A juntar a isto a INDAQUA tenciona reduzir a pressão em zonas críticas, de forma a diminuir o número de roturas e os gastos associados à resolução das mesmas, assim como fazer ações no sentido de detetar e eliminar consumos e ligações ilícitas e ainda avaliar a renovação do parque de contadores, para tornar mais eficiente a medição e faturação do serviço prestado aos clientes.

Fujitsu ar condiionado mámixo siléncio mínimo consumoJaba: tradução 4.0Smart Home show de 25 a 27 2022Adene: janelas eficientes só com etiqueta energética CLASSE+Associação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar CondicionadoEsdec: o fornecedor de estruturas de fixação para fotovoltaico

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial