Trane - Portugal - Sociedade Unipessoal, Lda
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

O setor português da Iluminação, perspetiva atual

Aipi - Associação dos Industriais Portugueses de Iluminação25/01/2023
A iluminação portuguesa concluiu 2021 com excelentes resultados nas suas exportações, tendo conseguido atingir no ano que passou vendas externas superiores a 113 milhões de euros, um aumento de 20% face a 2020, e superior a 2019, antes da pandemia.
Foto: Light & Building
Foto: Light & Building.
A quebra acentuada induzida pelo colapso do comércio mundial em 2020 durante a pandemia foi, assim, definitivamente ultrapassada com sucesso. Um dos fatores que concorreram para este desfecho foi a rápida recuperação do turismo a nível mundial o que permitiu que projetos como hotéis, restaurantes etc. fossem retomados e assim puxassem pela fileira casa, na qual a iluminação se insere.

Em termos de atividade da AIPI, 2021 marcou o regresso ainda que algo tímido das grandes feiras internacionais da fileira casa. Assim estivemos presentes quer na feira Maison & Object em Paris, quer na feira Light & Building em Frankfurt com um conjunto de empresas portuguesas de iluminação. Estamos em crer que 2023 marcará o regresso em força das feiras, já sem qualquer restrição associada à Covid, e estaremos presentes em janeiro novamente na feira Maison & Object e em abril na feira Euroluce em Milão, onde se apresentam as principais tendências mundiais da iluminação.

Depois, é claro, temos todas as mudanças que foram introduzidas pela pandemia, quer profissionais, quer sociais. A promoção em marketplaces digitais B2B e a aposta no marketing digital que já vinha assumindo um papel cada vez mais relevante e para algumas empresas já tinha ultrapassado as feiras como principal ferramenta de vendas, assume atualmente e certamente nos próximos meses/anos a principal ferramenta de vendas nas empresas. A AIPI através das suas candidaturas a Projetos Conjuntos de Internacionalização auxilia financeiramente as empresas associadas que na participação em feiras quer nestas ferramentas de marketing digital.
Durante a pandemia um aspeto muito negativo que afetou a normal atividade das empresas foi a disrupção das cadeias de distribuição que provocou um aumento exponencial no preço dos transportes internacionais bem como nos tempos de envio e receção de mercadorias. Tudo isto foi agravado em 2022 pela guerra na Ucrânia, que fez disparar ainda mais o preço das matérias primas, dos transportes de mercadorias e da energia.
A indústria da iluminação continua também, neste dealbar do novo ano, a ir ao encontro dos valores caraterísticos dos tempos atuais, nomeadamente a transição energética e a sustentabilidade dos processos de fabrico e dos materiais. O PRR (Plano de Recuperação e Resiliência) apresentado pelo Governo terá que ser utilizado para auxiliar as empresas nessa transição energética que nesta fase terá custos consideráveis.

A indústria da iluminação continua também, neste dealbar do novo ano, a ir ao encontro dos valores caraterísticos dos tempos atuais, nomeadamente a transição energética e a sustentabilidade dos processos de fabrico e dos materiais

Por outro lado, cada vez mais os processos de fabrico terão de estar inseridos na lógica da Economia Circular, para que o desperdício seja reduzido ao mínimo e seja maximizada a reutilização quer por motivos económicos de competitividade das empresas quer por motivos ambientais. Para além da necessária reorganização interna dos processos de fabrico que as empresas estão a implementar, refira-se que a indústria de iluminação já paga taxas sobre a sua produção para financiar em Portugal uma rede de recolha de equipamentos de iluminação em fim de vida útil para que possam ser devidamente reciclados e não abandonados simplesmente com o lixo comum.
O principal desafio para 2023 será, sem dúvida, a elevada probabilidade de uma recessão nalguns dos principais mercados de destino das nossas exportações, originada pela subida abrupta das taxas de juro pelos bancos centrais na sua tentativa de controlar a elevada inflação que resultou quer das medidas de combate à pandemia quer da guerra da Rússia na Ucrânia. A perspetiva é que seja uma recessão breve e que 2024 já seja novamente um ano de crescimento mas, no entretanto, as empresas terão que navegar os próximos meses sob uma tónica quiçá pessimista.

REVISTAS

VulcanoSoliusProfei, S.L.Bosch - Termotecnologia, S.A. (Bosch Junkers)Siga-nosPanasonic: a tua casa poupa. O planeta também.

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter O Instalador

    20/05/2024

  • Newsletter O Instalador

    13/05/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial