Efcis - Comércio Internacional, S.A.
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

A sustentabilidade no coração do setor

Alexandra Costa05/04/2023
Editorial da edição n.º 316 da Revista O Instalador.
Imagen
Esta é uma edição norteada pelo tema da sustentabilidade. A sustentabilidade é um dos temas centrais de mais uma Tektónica. A Feira Internacional da Construção regressa no início de maio (4 a 7) e em entrevista ao O Instalador o seu gestor, José Paulo Pinto, aponta que “tanto a Eficiência Energética como as Energias Renováveis são os pilares da política Energética Sustentável, tema amplamente discutido e cada vez mais presente na Tektónica, não só através da participação de novas empresas com soluções inovadoras e de relevância para as metas que Portugal se propõe atingir, como também na atividade mais académica e de investigação e cujas entidades reconhecem na Feira, o palco de excelência para a divulgação e partilha de conhecimentos”.
A sustentabilidade está também presente na estratégia definida pela Panasonic para o seu futuro. Equipamentos cada vez mais eficientes e que, simultaneamente, “proporcionem benefícios aos utilizadores e utilizem alternativas aos refrigerantes convencionais para garantir um menor impacto no meio ambiente". A prova do empenho da Panasonic e, projetar soluções eficientes e ecológicas para reduzir as emissões de CO2 é bem patente no nível de investimento em investigação e desenvolvimento - 6% das suas vendas líquidas anuais.
A par disso a sustentabilidade está, também, muito presente nos três dossiers desta edição. Como lembra a ADENE, numa época em que poupança e sustentabilidade são dois dos temas em discussão por parte dos cidadãos, os sistemas solares térmicos surgem cada vez mais como uma solução eficiente para a produção de Águas Quentes Sanitárias (AQS). Sendo que, nos próximos anos, poderemos assistir a uma proliferação de soluções, com a expetativa de um rápido retorno do investimento.
As casas passivas são uma tendência em crescendo. Uma nova forma de encarar a construção, por forma a garantir uma boa qualidade do ar, conforto térmico (temperatura mínima 20°C e temperatura máxima 25°C) e inexistência de grandes variações térmicas. Na prática significa projetar uma habitação para atingir todos os requisitos de conforto, consumindo o mínimo de energia possível. A começar por um maior investimento em algo relativamente desconhecido em Portugal: o isolamento (a prova está nos elevados níveis de pobreza energética dos nossos edifícios). Uma tendência que implica mudanças não só no desenho e construção dos edifícios – principalmente ao nível dos materiais escolhidos – mas, e também, nos equipamentos de aquecimento e arrefecimento utilizados.
Ainda no campo da construção e a acompanhar o tema das alterações climáticas, torna-se essencial a definição e implementação de estratégias de digitalização e descarbonização das empresas do setor. Sem esquecer, claro, as práticas de sustentabilidade. Construção 4.0 e Economia Circular são termos – e definições – cada vez mais prementes. Numa fase em que o combate às alterações climáticas adquire um peso crescente o setor da construção não pode ficar indiferente. Seja pelo seu peso na economia, ou pelo seu contributo para as emissões de CO2.

REVISTAS

SoliusPanasonic PortugalSiga-nosProfei, S.L.Chillventa

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter O Instalador

    17/06/2024

  • Newsletter O Instalador

    10/06/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial