Efcis - Comércio Internacional, S.A.
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Casa Peixoto: soluções de isolamento térmico e aquecimento

19/01/2024
Empresa explica como podemos melhorar a eficiência energética das nossas casas melhorando, consequentemente, a nossa qualidade de vida.
Imagen
Portugal é o 4º país europeu com pior classificação em pobreza energética. Aliás, sabe-se que Portugal tem casas frias e húmidas no inverno, e quentes no verão. A solução passa por investir na diminuição das deficiências no isolamento térmico e aquecimento das habitações portuguesas.

Como explica a Casa Peixoto, um dos primeiros passos, e talvez o mais relevante, passa por isolar estruturas. telhado, teto, paredes e piso. É um projeto maior, que envolve obras, tempo e materiais próprios, mas que a longo prazo resulta em conforto e poupança, tendo em conta que a retenção do calor fará com que seja necessária menos energia para aquecer os espaços. Este isolamento pode ser exterior ou interior, dependendo da complexidade da obra possível e existem vários materiais disponíveis de acordo com as necessidades ou exigências da casa e do ambiente.

Isolar portas e janelas também pode parecer complexo, mas é igualmente importante. Materiais de menor qualidade, antigos, desadequados ou danificados resultam em perdas de calor e entrada de frio do exterior. Aqui pode ir desde a caixilharia, vidros, estores e portadas. Envolve igualmente uma obra, mas menos invasiva e de menor duração.

No entanto também existem soluções mais rápidas de curto prazo e fáceis de aplicar, nomeadamente materiais que podem ser usados para isolar a estrutura já existente sem intervenções exigentes, como veda-portas e fitas de calafetagem, com características específicas tanto para portas como janelas, de correr ou de abrir e materiais como espuma, borracha ou silicone para necessidades específicas.

Se o isolamento for eficiente, as preocupações com humidade, mofo e bolor à partida também não devem existir. Isto porque o isolamento engloba também as pontes térmicas, zonas em que existe uma interrupção ou alteração numa camada de isolamento térmico de uma estrutura, como uma janela numa parede, onde ocorre contraste entre o ar quente e frio, que consequentemente resulta em condensação e bolor; por isso é importante que todas as estruturas envolvidas estejam devidamente isoladas.

Adicionalmente, e após o isolamento tratado, é possível usar equipamentos de aquecimento – como lareiras, salamandras, ventiladores ou ar condicionado – que deverão ser usados “de forma complementar e não como fonte principal de aquecimento pois, ao garantir o isolamento térmico das estruturas, o calor mantém-se confortavelmente no espaço sem necessidade de manter os equipamentos ligados”. Como aponta a Casa Peixoto, se existirem deficiências no isolamento, o calor proveniente destes equipamentos dissipa-se rapidamente, existindo a necessidade de os manter ligados por mais tempo, consequentemente gastando mais energia.

Por fim, para combater a humidade resultante de atividades quotidianas como cozinhar, tomar banho ou secar roupa dentro de casa a Casa Peixoto aconselha – caso a ventilação natural não seja possível – o recurso a equipamentos de desumidificação.

REVISTAS

Lisboa Feiras, Congressos e Eventos / Associação Empresarial (Smart Cities Summit - Fil - Tektónica)Siga-nosProfei, S.L.Daikin - Ar CondicionadoInduglobal - Encontros Profissionais

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter O Instalador

    15/04/2024

  • Newsletter O Instalador

    08/04/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial